13 janeiro 2011

Quem déra eu não ter te desprezado.

De repente cheguei em casa e vi todas as minhas roupas jogadas no chão!
Fiquei perdida sem entender o que estava acontecendo.
A raiva começou a me invadir, estava furiosa, aquilo não estava certo.
Cheguei cansada do trabalho eu tinha a casa toda pra limpar, aquele individuo não me ajudava em nada, e ainda me aparece agindo desse jeito?
_Cansei Manu. Não quero mais você!
_Se não quer tudo bem, vá embora mas deixe minhas coisas ai!
Eu não queria saber, já tivemos tantas brigas, e todas as vezes ele dizia não me querer mais.
Eu sabia que tudo ia voltar ao norma.
Ele olhou pra mim.
_Eu vou levar o guarda roupa comigo!
Fiquei perdida, não liguei e fui tomar banho!
No chuveiro ouvi o som do caminhão, me apressei.
Ele colocou alguns poucos moveis no caminhão e foi!
Isso a três anos!
Três anos que não sei o que é amar.
Ele?
Esta casado e tem um lindo menino.
Já arrumei algum namorado, mas não deu certo, tenho medo!
Ainda lembro.
_Manuzinha, assim que a gente terminar a casa você vai poder ficar em casa, vai ter mais tempo pra você!
Se eu pudesse mudar o que fiz!
Agora eu peço a Deus que abençoe a Ele e sua família,sei que ele esta feliz agora.
Cuide do que você tem, não deixe ele ir!
Manuela.

2 comentários:

Tainã Almeida disse...

Os adultos vivem dizendo que a adolescência é um dos períodos mais marcantes da vida.
Mais o que o adolescente pensa disso?
Visita meu blog?

http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

Se gostar do blog e se puder seque lá, ficarei muito feliz.
Beijos e uma ótima semana.

Jana- base girl =D disse...

Nossa,bem forte né amiga? onde vc pegou o texto?
bjão adorei!!